Friday, March 03, 2006












O DIABO E DANIEL JOHNSTON

No Rio Fanzine do Globo de hoje, vocês poderão ler a matéria que fiz sobre Daniel Johnston, um músico que influenciou de Kurt Cobain a Beck, esteve presente nas trilhas sonoras fundamentais dos anos 90 (Kids, My So Called Life, Antes do Amanhecer) mas sua loucura crônica o fez invisível ao grande público.

Esbarrei no trabalho dele sem querer, como esbarramos nas melhores coisas que nos seguem pelo resto da vida, a mulher que amamos, os melhores amigos e os vícios que nos destroem ao mesmo tempo em que nos fazem vivos. Folheava pela milionésima vez o catálogo da editora de quadrinhos Fantagraphics quando me deparei com um livro chamado Songs in The Key of Z, sobre música Outsider: mendigos cantores, imitadores de Elvis suecos e coisas do gênero. A publicação era devidamente acompanhada de um CD. Não sosseguei enquanto não arranjei o disco.

No meio daquela bizarria, na maioria curiosidades impossíveis de serem ouvidas mais de uma vez, estava Daniel Johnston. Suas canções me acompanham desde então. O texto do jornal e o desenho que o ilustra são meu humilde tributo a ele.

Sandro

4 comments:

cosco said...

pô, deparei cedo com essa bela surpresa e vim lendo a matéria no meu trajeto Piedade > Catete. linda matéria: é o mínimo q posso dizer. fui lendo e sorrindo com o canto da boca. ainda não conheço, então não dá pra julgar conceitualmente, mas no traço a ilustração tá foda tb. agora, mais uma coisa q tenho q conhecer por sua culpa, rererere.

Bruno Porto said...

a ilustra tá duca!

Timba said...

Adorei os dois! A matéria e a ilustração!
Abraços

Camila Araújo said...

Menino... sempre soube que tu desenhavas bem, mas isso!!!
A matéria fico te devendo, mas registro aqui meus PARABÉNS pela ilustação!

Beijocas